Quais são os tipos de chás mais consumidos no Brasil, e seus benefícios?

Rate this post

O chá é uma bebida originária da China que, aos poucos, vem conquistando o paladar de grande parte da população brasileira. Seja o mais amargo, ou o mais adocicado, passando pelos chás termogênicos ou calmantes; essa bebida deixou de ser apenas uma das substitutas para o tradicional café, e passou a ser utilizada tanto em protocolos de nutricionistas, quanto como um dos expoentes da medicina popular.

Mas, você já parou para pensar em quais são os tipos de chás mais consumidos pelos brasileiros, e quais são os benefícios que o consumo dessa bebida pode trazer para o nosso organismo? Prepare um caderninho para anotar essas dicas que separamos para te ajudar a entender a importância dos chás, e começar a incluí-lo em sua rotina.

Chá de Romã (foto: https://cuidai.com.br/cha-de-roma/)

Tipos de chás mais consumidos no Brasil

  • Erva-doce – um dos chás mais recomendados para quem possui problemas intestinais, o chá de erva-doce também conquista o paladar dos brasileiros por ser mais adocicado. Rica em antioxidantes e em potássio, contribui para o controle da pressão arterial, para o alívio de gases, dor de barriga; além de contribuir para a produção de leite pelas lactantes.
  • Camomila – conhecido por suas propriedades calmantes, o chá de camomila é aliado de quem possui maiores dificuldades para dormir; ou para quem possui elevados níveis de ansiedade. Além disso, é muito utilizado para tratamento de cólicas menstruais, sendo anti-inflamatório, cicatrizante; e por ter bons níveis de vitamina A e diversos minerais.
  • Chá Verde – um dos mais famosos em dietas que visam a perda de peso, possui propriedades termogênicas e diversas vitaminas, como as do complexo B, C e E, e diversos minerais. Além disso, seu consumo é de grande valia para a manutenção da saúde intestinal, haja vista que regula o funcionamento do intestino, e auxilia a evitar a retenção de líquidos. Vale ressaltar também que esse chá é de grande importância para a prevenção de doenças como Parkinson; além de auxiliar no controle da glicemia.
  • Hibisco – outro chá que também conquistou grande espaço entre os brasileiros, chama a atenção por suas ações diurética e anti-inflamatória. Além disso, possui ação antioxidante, e é de grande importância para o controle da pressão arterial, e para a redução dos níveis de glicose e de colesterol no sangue.
  • Capim-cidreira – além de ser bastante consumido por seu sabor agradável e mais adocicado, esse chá, além de ser rico em diversas vitaminas e minerais, também é de grande auxílio no combate à insônia, e à ansiedade. Além disso, contribui para o melhor funcionamento intestinal, para o controle de cólicas menstruais, e para o controle da pressão arterial.
  • Canela – além de seu aroma agradável, o chá de canela possui grandes benefícios à saúde. Além de contribuir para o controle da glicemia, está relacionado à prevenção do envelhecimento precoce por ser rico em antioxidantes. Além disso, embora não haja comprovação científica, é um chá que pode estar relacionado à descida da menstruação e, por isso, é considerado, no conhecimento popular, como um chá com propriedades abortivas.
  • Romã – muito conhecido por quem já passou por diversas inflamações na garganta, é um dos chás mais utilizados para o tratamento de gripes e resfriados. Além disso, é um grande aliado no aumento da imunidade, atuando na prevenção de diversas doenças.
  • Boldo – um dos chás aliados dos boêmios, o chá de boldo é bastante conhecido por ser utilizado em casos de ressaca. Além disso, é muito usado para o tratamento de males gastrintestinais, sendo levemente laxante e vermífugo. Vale ressaltar também que, assim como outros chás supracitados, também é conhecido por suas propriedades calmantes.

Tipos de chás (foto: https://www.pousadadoschas.com.br/blog/saiba-como-fazer-um-delicioso-cha-de-gengibre-e-alecrim/)

Contraindicações

Embora diversos chás sejam extremamente recomendados por seus diversos benefícios à saúde, é importante ressaltar que muitos são contraindicados para gestantes e lactantes; visto que podem contribuir para malformações, abortos espontâneos, dentre outras complicações. Desse modo, é importante sempre consultar um nutricionista ou médico antes de iniciar o consumo dos chás.

Be the first to comment on "Quais são os tipos de chás mais consumidos no Brasil, e seus benefícios?"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.