Capim rabo-de-burro e suas várias finalidades

Capim rabo-de-burro (Andropogon bicornis spp) é nativo das Américas, encontrado do México à Argentina, conhecido popularmente como cauda-de-raposa, rabo-de-burro e barba-de-bode-de-vassoura.

O capim rabo-de-burro é muito frequente em pastagens, beira de estrada e é tido como erva daninha, que ataca as lavouras de seringueiras. Ele é facilmente encontrado em várias regiões brasileiras, de norte a sul.

Apesar de encontrado facilmente em pastagens, ele não é apreciado como alimento pelo gado, pois é pouco palatável e de consistência mais dura.

Conheça o capim rabo-de-burro

É uma planta ereta que chega a atingir até 1,5 metros de altura, pouco exigente em relação ao solo e resistente à estiagens. É de crescimento e multiplicação rápidos. Floresce de dezembro a abril e sua propagação é através de suas sementes; ou pela divisão de suas raízes; ou ainda pelo vento.

Utilização do Capim rabo-de-burro

Apesar de em alguns momentos ele ser considerado como planta daninha, ele possui variadas propriedades terapêuticas tais como diurética, emoliente, enérgica, dissolvente e sudorífica. Ele é usado na medicina popular para alívio de febres biliosas, no beribéri e como desobstruente nas afecções hepáticas.

Ele é usado como fonte de celulose para a fabricação de variados tipos de papel. Nas casas de roça era organizado em punhados imitando uma pequena vassoura; que tinha a serventia de varrer as cinzas do fogão à lenha; e colocá-las para o local onde a lenha era queimada.

Era muito comum as crianças buscarem o capim nas pastagens; ou beiras das estradas para preparação das vassourinhas para limpeza das cinzas dos fogões à lenha.

Capim rabo-de-burro

Capim rabo-de-burro

Capim rabo-de-burro

Capim rabo-de-burro

Be the first to comment on "Capim rabo-de-burro e suas várias finalidades"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.