Pequi: benefícios, propriedades medicinais e como usar

Pequi (Caryocar brasiliense) é uma planta de origem brasileira, nativa do cerrado, muito comum nos estados das regiões centro-oeste, nordeste e sudeste.

Ele é conhecido também como fruto de pele espinhenta e muito popular na culinária nordestina, mas apreciado pelas pessoas que preferem frutos exóticos.

Conheça o Pequizeiro

É uma árvore de médio porte, que pode atingir até 12 metros de altura, que possui copa frondosa, pouco exigente em relação ao solo e resistente às variações de temperaturas, mas não tolera regiões frias e geadas. Sua copa é frondosa, cobertas de folhas verdes e brilhantes. Suas flores são agrupadas em inflorescências de tonalidade branca e amarelas, visitadas por diversos insetos e morcegos.

Seu fruto, que aparece de  novembro a janeiro, possui formato de uma maçã e tem coloração verde. Possui polpa comestível, amarela e de sabor exótico. Os caroços são envoltos pela polpa e por baixo dela há espinhos, que revestem a amêndoa, portanto ele deverá apenas ser roído, jamais mastigado. Sua propagação acontece pelas sementes ou mudas.

Propriedades terapêuticas do Pequi

Ele possui propriedades cicatrizante, digestiva, gastro-protetora e anti-inflamatória. Rico em vitamina A, ácidos graxos, antioxidantes e fibras.

Utilização do Pequi

Ele é empregado em diversas receitas culinárias tais como arroz com pequi e frango com pequi, além de poder ser consumido in natura em diversas preparações. Quem gosta do fruto não consegue viver sem ele.

Ele é encontrado em forma de óleo, compotas, garrafadas, conservas, sorvetes, picolés, sobremesas e vem aos poucos conquistando mais degustadores.

Seu consumo regular auxilia na saúde intestinal, no bom funcionamento da digestão, para alívio da prisão de ventre, no controle do colesterol, na saúde da pele e da visão. É um potente cicatrizante, ajuda na prevenção de manchas na pele e para o fortalecimento do sistema imunológico.

A árvore é usada em arborização de canteiros, praças e jardins. Sua madeira é empregada na construção de casas e mourões. De suas cascas preparam-se corantes para várias finalidades. Suas castanhas originam óleo comestível, licores e variados produtos cosméticos; além de serem torradas e servidas como tira gosto.

Onde encontrar o Pequi?

Ele é encontrado em quintais das casas de roça, em pomares frutíferos, em feiras livres, mercados municipais e sites que comercializam sementes e mudas de plantas.

As plantas medicinais não substituem o acompanhamento médico e em altas doses podem ser prejudiciais à saúde.

Pequi (Foto: //www.namu.com.br/materias/pequi-fruta-simbolo-do-cerrado)

Pequi (Foto: www.lideragronomiga.com.br)

Be the first to comment on "Pequi: benefícios, propriedades medicinais e como usar"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.