Cana-de-açúcar desde a antiguidade impulsionando gerações

4.9 (97.65%) 51 vote[s]

Cana-de-açúcar, de origem asiática, chegou ao Brasil por volta de 1520, com os portugueses, fazendo com que o País fosse o principal exportador do produto durante os séculos XVI e XVII.

Ela é cultivada há mais de seis mil anos e encontrada em várias regiões do planeta. As primeiras mudas da cana foram plantadas na capitania de São Vicente, atualmente estado de São Paulo. No Nordeste, especialmente nas capitanias de Pernambuco e Bahia que os engenhos se multiplicaram.

Conheça a Cana-de-açúcar

Ela adapta-se facilmente em clima tropical, necessita de chuva com frequência, mas não gosta de solo encharcado, prefere bastante luz solar para seu crescimento. Multiplica-se pelos gomos e raramente pelas sementes.

Ela pertence à família Poaceae, possui forma cilíndrica, caule fibroso, que chega atingir entre 2 a 6 metros de altura.

Ela é rica em vitaminas A e C; além de variados sais minerais tais como ferro, cálcio, potássio, magnésio e bom teor de antioxidantes.

Ela foi base da economia do nordeste brasileiro na época dos grandes engenhos. A grande força de trabalho empregada foi a da mão-de-obra dos escravos, traficados em tumbeiros. Primeiramente, foi a mão-de-obra indígena e, em seguida, majoritariamente a de origem africana, que foi utilizada até o final do século XIX.

A cana-de-açúcar impulsionou a Colônia, trouxe novos imigrantes e testemunhou grandes transformações e revoltas.

Utilização da cana-de-açúcar

Ela produz além do açúcar, xarope alcoólico e não alcoólico, garapa ou caldo de cana, melaço ou melado, rum, etanol, rapadura e cachaça, bebida registrada e originalmente brasileira.

Em algumas regiões, as pessoas usam palhetas de cana para fazer canetas, tapetes, bolsas e chapéus de palhas. Ela é é usada como alimento alternativo para ruminantes, resolvendo problemas de alimentação animal em época de secas e geadas; além de fazer parte da silagem, que é um preparado organizado para o gado bovino.

Atualmente o bagaço é utilizado na fabricação de embalagens pets. Tais embalagens são mais rapidamente degradadas quando jogadas na natureza.

Onde encontrar a cana-de-açúcar?

Ela é encontrada em casas de roça seja para alimentar o gado, ou para extração do delicioso caldo. Em algumas chácaras ainda há a preparação das rapaduras artesanais para consumo próprio.

Encontrada ainda em feiras livres, nas quais é processada em moendas para retirada da garapa, que ingerida juntamente com pastel, são quitutes tradicionais dos brasileiros.

Cana-de-Açúcar

Cana-de-Açúcar

Be the first to comment on "Cana-de-açúcar desde a antiguidade impulsionando gerações"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.