Lenda da Mandioca, a origem do pão dos povos indígenas

Rate this post

A lenda da mandioca é uma tradição folclórica da região Norte, originada nas tribos indígenas da Amazônia, que conta a origem dessa bela planta. Assim como o guaraná e o açaí, que também têm sua origem explicada através de um conto, a mandioca tem sua história, haja vista sua grande importância. Esta planta, muito utilizada pelos indígenas, é uma das maiores fontes nutricionais, uma vez que possui grande versatilidade; desse modo, é utilizada para elaboração de farinhas, tapiocas, e diversas receitas deliciosas. Confira a lenda da mandioca.

Mandioca (foto: Evandro Marques – www.coisasdaroca.com)

Lenda da Mandioca

Reza a lenda que o cacique de uma das tribos da floresta tinha uma filha chamada Mara, que sonhava com o dia em que encontraria alguém e que se casasse. Certa noite, Mara teve um sonho com um rapaz muito belo, loiro, que descia da Lua e dizia que a amava. Após deixar a moça apaixonada, o rapaz desapareceu nos sonhos da índia, da mesma forma que havia aparecido. Passados alguns dias do estranho sonho, Mara percebeu que estava grávida.

A moça deu à luz a uma linda menina, branca como o luar e loira, assim como o rapaz com o qual Mara havia sonhado. A criança foi então nomeada como Mani, ou Mandi, e era adorada por todos os integrantes da tribo; era saudável e muito esperta. Entretanto, após algum tempo, a menina faleceu, sem demonstrar nenhum sinal de doença ou sofrimento; morreu enquanto dormia, e possuía um semblante sereno.

Folha da Mandioca (foto: Evandro Marques – www.coisasdaroca.com)

Mara, então, ficou desesperada, e resolveu enterrar sua filha dentro de sua oca, para que não precisasse dicar longe dela. Após chorar vários dias em cima do local onde havia enterrado Mani, e após seu leite ter sido derramado sobre a área, Mara percebeu que uma planta havia nascido. Alguns dias após, a terra ao redor começou a rachar, e a índia resolveu cavar a terra na esperança de encontrar sua filha viva.

 

Mara encontrou raízes que, após serem raspadas, eram muito brancas, da cor de sua filha. Entendeu, assim, que era um presente: Mani havia vindo à Terra para se transformar no principal alimento indígena, que seria fonte de vida para toda sua tribo. Foi assim que a planta recebeu então o nome de Mandioca, em homenagem à pequena índia.

Be the first to comment on "Lenda da Mandioca, a origem do pão dos povos indígenas"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.