Carroça desde os tempos mais remotos fazendo transformação

5 (100%) 1 vote

Carroça utilizada desde os tempos mais remotos, a partir do momento que o homem inventou a roda; e através dela foi descobrindo novas formas de transportar cargas e pessoas.

Conheça a carroça

Com a invenção da roda, que não sabe ao certo em qual época houve a descoberta; mas acredita-se que foi por volta de 3.000 a.C; o homem conseguiu melhorar o trabalho e as formas de transporte.

Até a invenção da roda, o home transportava suas cargas através da técnica do arrasto; que consistia em amarrar o objeto a uma corda e ao animal que puxaria a carga.

Evolução da Carroça

Com o passar dos tempos, o homem foi aprimorando a forma de puxar cargas e aproveitar da roda, que foi a mola propulsora para a inovação dos  meios de transportes, em várias regiões do mundo.

Por muito tempo usava-se tábuas de madeira; que ficaram por cima do que seria chamado de rodas, ligadas por eixo, para facilitar a locomoção das cargas.

Com o tempo e com o aumento das distâncias; houve a necessidade de aumentar o local onde seriam colocadas as cargas e dessa forma aprimorou-se o que seria chamado de carroça.

A carroça foi muito importante nas regiões brasileiras à época da colonização, juntamente com o carro de boi e transportou cargas, mudanças e pessoas pelos rincões do Brasil.

Ela é geralmente puxada por cavalos, mulas e burros. São construídas de forma mais rústica ou aprimorada, com objetivo de transportar diversos materiais ou pessoas.

Onde encontrar a carroça?

Até os dias atuais é fácil encontrar um carroça, nas pequenas propriedades rurais, em pequenas vilas e cidades brasileiras, que não têm a pressa como objetivo de vida; e onde a vida parece andar mais devagar.

Ela é encontrada também em cidades que têm o turismo rural como atração tais como Bento Gonçalves, Nova Petrópolis, Venda Nova do Imigrante; além de remeter às origens dos povos, que tanto contribuíram para a formação brasileira.

Carroça

Carroça

Be the first to comment on "Carroça desde os tempos mais remotos fazendo transformação"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.