Diferenças entre os tipos de açúcares do nosso dia-a-dia

Rate this post

O açúcar é um tipo de alimento cuja história remonta tradições de diversos povos, passando pelas Índias, pelos povos da Idade Média… Mas foi a partir do século XVII, com a maior fabricação dessa iguaria nas colônias europeias, e, consequentemente, com a maior disponibilidade no mercado; que o açúcar se tornou mais acessível, e popularizou-se por todo o mundo.

Seja para adoçar um delicioso cafezinho, ou mesmo para incrementar a receita de um mugunzá; o açúcar se tornou algo indispensável na culinária, e ganhou uma vasta diversidade de formas. Além da forma mais comumente utilizada, que é o cristal, existem versões mais saudáveis, com menor quantidade de aditivos químicos; e que vêm ganhando espaço no cotidiano dos brasileiros.

Mas, e você? Sabe quais são as diferenças entre os tipos de açúcares?

Diferenças entre os tipos de açúcares do nosso dia-a-dia (foto: https://super.abril.com.br/mundo-estranho/quais-as-diferencas-entre-acucar-cristal-refinado-demerara-e-mascavo/)

Diferenças entre os tipos de Açúcares

  • Açúcar Cristal – um dos mais frequentemente encontrados na mesa dos brasileiros, e comumente utilizado na gastronomia, essa variedade possui cristais maiores e incolores. Embora passe por um processo de refinamento mais brando, perde em torno de 90% das vitaminas de sua composição.
  • Açúcar Refinado – outra variedade muito utilizada na culinária, é também chamado de açúcar branco. Em seu processamento e refinamento, são acrescentadas algumas substâncias, tais como o enxofre para garantir a coloração branca. Assim como no exemplo anterior, vitaminas são perdidas durante esse processo.
  • Açúcar Mascavo – comumente encontrado em engenhos de produção de rapadura, é a forma mais bruta que é retirada após a fervura da garapa. Ao contrário das variedades anteriores, esse açúcar não passa pelo processo de refinamento, mantendo uma coloração mais escura. Além disso, alguns minerais como ferro e cálcio são mantidos em sua composição.
  • Açúcar Demerara –  assim como o mascavo, essa variedade passa por um leve refinamento, mantendo a coloração mais escurecida. Com um alto valor nutricional, e sem a presença de aditivos em sua composição, esta opção também é comercializada em sua forma orgânica; muito indicada devido à ausência de defensivos agrícolas.

Diferentes tipos de açúcares (foto: https://www.salveanoiva.com.br/lifestyle/alimentacao-e-receitas/melhores-acucares-para-consumir-dieta)

  • Açúcar Light – embora o nome chame a atenção, este açúcar consiste em uma mistura de açúcar refinado e alguns adoçantes artificiais, dentre eles a sucralose. Embora seja um alimento reduzido em níveis calóricos, não apresenta nutrientes em sua composição; e deve ser consumido com bastante cuidado.
  • Açúcar de coco – uma das opções que vem conquistando espaço no mercado, ele é extraído das flores da palma do coco, e não passa por refinamento, além de não ter conservantes em sua composição. Conta com grande quantidade de vitaminas do complexo B, e diversos minerais, tais como ferro, zinco e potássio.
  • Melado de cana – com um alto poder de adoçar os alimentos, o melado possui uma forma mais líquida, que é obtida durante a fervura do caldo de cana. Por não sofrer nenhum processo químico, possui boa concentração de minerais, como ferro, cobre, cálcio; e é bastante indicado para pessoas que sofrem com anemia e problemas de imunidade baixa.

Vale ressaltar que deve-se procurar a orientação de um nutricionista para melhor acompanhamento das refeições, e para a escolha das opções mais saudáveis para seu dia-a-dia.

 

Açúcar (foto: http://blog.saude.mg.gov.br/2018/11/26/vidasaudavel-qual-o-melhor-acucar-para-o-consumo-diario/)

Be the first to comment on "Diferenças entre os tipos de açúcares do nosso dia-a-dia"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.