Centáurea, bela, colorida e muito versátil na saúde e culinária

5 (100%) 1 vote

Centáurea (centaurea cyanus) é originada da Europa, conhecida também por escovinha, marianinha (especialmente na Região Sul) ou simplesmente centáurea em Portugal, fidalguinhos, saudades, lóios-de-jardim, loucos-dos-jardins, flor-de-Lis, ciano e Ambreta.

Reza a lenda que seu nome é originado da criatura mítica Centauro, que curou as feridas incuráveis feitas por Héracles, com sua seiva. Considerada ainda como símbolo de delicadeza e do amor verdadeiro dos filhos pelas mães.

Conheça a Centáurea

É uma planta anual, de crescimento rápido e pode alcançar até um metro de altura. Ela se adapta a qualquer tipo de solo, mas prefere os ricos em nutrientes, luz solar direta e rega constante sem encharcamento.  Suas flores são azuladas e seu fruto é seco. Propaga-se por sementes e tem preferência pelo clima tropical.

Propriedades da Centáurea

Ela é rica em propriedades terapêuticas tais como laxante, diurética, cicatrizante e anti-inflamatória. Na medicina popular, para uso externo, é usada para conjuntivites e para tratamento de feridas. Na forma de chá é empregada para alívio da má digestão e males do sistema gástrico.

Centaurea (foto http://www.emporiodassementes.com.br/centaurea-cyanus-sortida.html)

Centaurea (foto http://www.emporiodassementes.com.br/centaurea-cyanus-sortida.html)

Serve para quê?

Suas flores são meio adocicadas e levemente picantes, usadas na ornamentação; na culinária como corante em vários tipos de alimentos tais como doces e salgados; além de ser ingeridas cruas ou cozidas.

Na indústria farmacêutica é emprega como corante de variados medicamentos; além de fazer parte da preparação de remédios. Na antiguidade era usada na aquarela dos pintores para criação de variados quadros.

As flores frescas são usadas para condimentar pão, saladas, queijos frescos, gelados; além de acompanhar diversos pratos com item de ornamentação.

Ela é empregada em projetos paisagísticos enfeitando jardins, praças e canteiros.

Preparação da Centáurea

Na preparação da flor, alguns cuidados são importantes tais como higiene, verificação de insetos, mas sem esfregar para não danificar os tecidos celulares; além de destacar as pétalas/florzinhas da corola para serem usadas, que possuem sabor amargo.

No caso de flores comestíveis como a calêndula, a cravina, a áster e a própria centáurea, é recomendável retirar o núcleo e usar somente as pétalas, pois o receptáculo possui um sabor bem amargo.

As plantas medicinais não substituem o acompanhamento médico e em altas doses podem ser prejudiciais à saúde.

Centaurea (foto https://wildseed.co.uk/species/view/6)

Centaurea (foto https://wildseed.co.uk/species/view/6)

Be the first to comment on "Centáurea, bela, colorida e muito versátil na saúde e culinária"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.