Mentruz e suas variadas propriedades medicinais

4.4/5 - (80 votes)

Mentruz (Coronopus didymus) é uma planta nativa da América e espalhada para outros continentes com os colonizadores. Ela  pertence à família Brassicaceae, crescendo espontaneamente em várias regiões brasileiras.

Conhecida popularmente como mastruço, erva-vomiqueira, erva-formigueira, mentruz-rasteiro e mastruz-miúdo. É importante ressaltar que algumas outras plantas; diferentes da que aparece em nossa imagem, também são chamadas de mentruz ou mastruço. Um bom exemplo é a erva-de-santa-maria (Chenopodium ambrosioides).

Mentruz (Coronopus didymus) com inflorescências (Foto: Evandro Marques)

Descrição

O  mastruço do Brasil (Coronopus didymus) é uma planta prostrada, isto é, com crescimento rente ao solo,  com folhas pequenas e alternas, com um verde intenso. Forma inflorescências (tipo racemo) com flores muito pequenas e produzem fruto do tipo síliqua.

Ela faz parte da lista de plantas medicinais listadas pelo Ministério da Saúde como de interesse ao SUS, além de muito utilizada na medicina popular

Propriedades medicinais

A planta possui variadas propriedades terapêuticas tais como cicatrizante, antibiótica, colerética, cicatrizante digestiva, expectorante e tônico pulmonar. Uma curiosidade à parte é a presença de óleos naturais sulfurados, que agem como antibióticos naturais.

Onde encontrar?

Facilmente encontrada em quintais das casas de roças da Bahia, passando pelo Sudeste e todos os estados da região Sul.

Há sites que comercializam sementes e vendem mudas da planta para os que quiserem iniciar o cultivo dessa poderosa planta.

Ela é de fácil cultivo podendo ser plantada em vasos, jardineiras, canteiros e em hortas domésticas, mas a planta sempre aparece espontaneamente entre outras culturas. Seu aparecimento é indicativo de solo fértil e de boa qualidade.

Mentruz
Foto: Evandro Marques

Como utilizar o mentruz?

A erva pode ser usada em forma de chás, banhos, emplastros, além de macerada, sendo indicada para ácido úrico, anemia, bronquite, contusão, dor muscular, escorbuto, escrofulose, gota, infecção respiratória, raquitismo, vermes, principalmente a solitária, reumatismo, traumatismos, catarro brônquico e muco espesso, além de atuar como digestivo.

A planta é uma espécie amplamente utilizada também como vermífuga para animais, e as fumigações são aplicadas como inseticida doméstico, sendo extremamente útil para espantar pulgas, percevejos, baratas e demais insetos.

As plantas medicinais não substituem o acompanhamento médico e em altas doses podem ser prejudiciais à saúde.

7 Comments on "Mentruz e suas variadas propriedades medicinais"

  1. ZILDA MOTTA TESTAGUZZA | 2 de outubro de 2019 at 16:59 | Responder

    Cicatrizou o pulmão, apos acidente de carro, onde havia sido perfurado. Foi passado na máquina de carne (antiga) e tomado o suco por um bom tempo;aproximadamente 800 ml. ao ser feita outro RX, o milagre havia acontecido: Tudo perfeito! Maravilhoso!

  2. Maria de Lourdes Preisler | 27 de outubro de 2019 at 16:46 | Responder

    como sim, como uma salada qualquer,só ela com tempero ou misturada em outra verdura como repolho alface pepino, mais o melor mesmo é pura colocar bem temperada em cima do prato de comida, bom demais

  3. Ótimo artigo. Obrigado!
    Faltou tratá-lo como alimento. O mentruz rasteiro é uma preciosa PANC – plantas alimentícias não convencionais. Como a Maria de Lourdes Preisler, eu a consumo em geral crua, na forma de saladas, sozinha ou com outras verduras e legumes crus. Mas hoje resolvi fazer um caldo de frango com beringelas, cenoura, tomate e uma quantidade generosa de mentruz e cebolinha verde, que adicionei somente depois que desliguei o fogo. Temperei apenas com sal e pimenta calabresa. Ficou lindo e apetitosíssimo. Imagino como seria com um frango caipira!

  4. aqui no oeste de SC, os descendentes de italianos (eu no caso), apreciam o mentruz in natura numa salada de radiche com cebola, uma bela polenta e uma fortaia (omelete).
    experimente!!!!!!!!!

  5. VOCÊS NÃO IMAGINAM O PODER DE CURA DESSA “PLANTINHA”TIVE UMA INFECÇÃO NAS PARTES BAIXAS, ESTAVA CHEIRANDO MAL, FAÇO-O MASCERADO COM LEITE BEBO E COMO TODO O BAGAÇO, UMA OUTRA VEZ ESTAVA MAL COM SINTOMAS DE PNEUMONIA TOMEI DE MANHÃZINHA E À NOITE. NO OUTRO DIA VOLTEI TRABALHAR, ESTAVA ÓTIMA. UM VIZINHO CAIU DO TELHADINHO DE UM QUARTINHO, JUNTOU ÁGUA NO PULMÃO, SUA MÃE DAVA-LHE TODO DIA BATIDO COM LEITE, ELE SAROU LOGO.ELE É REALMENTE MILAGROSO!!!!!

  6. JORGE LINO PINHEIRO | 2 de maio de 2021 at 23:31 | Responder

    Faço bolinhos de arroz. Show de bola.

  7. Fiquei numa cama sem poder andar, cai tinha tirado o muro do lado da escada fui descer a noite esqueci e cai no vão altura de 2,60 fraturei a vertebra da coluna fui para no hospital assim que me deram alta eu tinha que fica 2 meses na cama, minha sogra começou a fazer mentrus com leite dos os dias com 13 dias já estava andando,conteceu 1986 só tenho a dizer que é um santo remédio mas tem que tomar um punhado de mentrus batido no liguificador com leite todos os dias uma vez as 10 horas da manha que de meio copo assim que eu fis.

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.