Origem do Panetone, iguaria típica do Natal brasileiro

Rate this post

O panetone é o tipo de iguaria que não pode faltar na mesa do brasileiro na época da festas de fim de ano, principalmente na semana do Natal. Seja na sua forma de frutas cristalizadas, ou com chocolate, com churros, com doce de leite ou com outros recheios; ele se faz presente e marca o fim de um ano, e o início de um novo ciclo. Mas, de onde será que surgiu essa iguaria tão deliciosa? E por que ela se tornou tão famosa no mundo todo; principalmente na época do Natal? Prepare-se para descobrir agora!

Panetone (foto: https://www.istockphoto.com/br/fotos/panettone?phrase=panettone&sort=mostpopular)

A lenda do Panetone

Embora essa iguaria tenha uma origem bastante incerta; sabe-se que provavelmente surgiu em Milão, na Itália. Todavia, existem muitas lendas que tentam explicar sua história.

A mais comum delas diz respeito a um padeiro chamado Toni, que atuava como auxiliar de um chef responsável por preparar algumas iguarias para o natal da realeza. Esse chef, muito atarefado com seus afazeres, pediu então a Toni que supervisionasse uma fornada de pães e uma torta. Contudo, acredita-se que ele tenha se confundido, e acabou colocando uvas passas no pão. Com medo do que o chef iria pensar, acrescentou uvas passas, açúcar, ovos, manteiga e assou. O que ele não esperava é que o chef fosse se encantar com a receita, a qual passou a fazer parte da ceia de natal e recebeu o nome de “Pão di Toni”.

E a história, o que diz?

Panetone de chocolate (foto: https://www.revistamenu.com.br/2019/12/10/degustacao-de-panetones-2019-poe-chocolate-por-favor/)

Todavia, os registros não indicam muita veracidade nessa lenda bastante difundida. Desse modo, acredita-se que, assim como diversas outras iguarias gastronômicas deliciosas, o panetone tem uma origem coletiva; a qual surgiu a partir de erros muito saborosos, diga-se de passagem. Com isso, registros indicam que na Idade Média era comum a preparação de pães mais adocicados na época do natal; os quais levavam algumas especiarias, tais como as uvas passas.

Com o passar dos anos, a tradição dos pães doces no natal foi mantida; e o panetone foi ganhando forma. Desse modo, teve início também a adição de leveduras para que o pão tivesse um formato mais arredondado; e também houve a criação da fita de papel que envolve o panetone, conferindo sua forma característica; a qual se tornou extremamente difundida não somente na Europa, onde se originou; mas também nas Américas, onde é muito apreciado.

 

Be the first to comment on "Origem do Panetone, iguaria típica do Natal brasileiro"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.