Feijoada, comida típica brasileira, mas com raízes europeias

5 (100%) 1 vote[s]

Há uma crença que a feijoada foi criada nas senzalas dos escravos, mas tal comida típica e muito popular entre os brasileiros, tem sua origem na Europa.

À época do Brasil Colônia, os escravos responsáveis por todo o tipo de trabalho das fazendas; tinham acesso apenas a farinha (de mandioca ou milho) e água; e raramente alguma sobra de carne.

Origem

A origem da feijoada remonta à antiguidade, cujo prato era à base de mistura de tipos diferentes de carne, com legumes e verduras, como por exemplo, o “Cassoulet” na França; o tradicional cozido em Portugal; o “Casoeula” na Itália, e o “Puchero” na Espanha.

Feijão (Foto: Evandro Marques - www.coisasdaroca.com)

Feijão (Foto: Evandro Marques – www.coisasdaroca.com)

Os portugueses que são os responsáveis por trazer ao Brasil, a técnica e a combinação do cozido com carnes, que com o passar do tempo; a evolução dos costumes e adaptação dos ingredientes; além do acréscimo do feijão preto, deram origem à feijoada, que conhecemos hoje.

As partes consideradas menos nobres do porco, tais como o rabo; a orelha; a língua e o pé, são e sempre foram na verdade nobres para os Europeus; de forma a excluir a hipótese de que tais pedaços menos nobres eram para alimentação dos escravos.

Origem do feijão preto

O Feijão preto é de origem sul-americana, sendo comum na dieta dos índios nativos, que o chamavam de Comaná ou Cumaná. Antes da chegada dos portugueses ao Brasil, já se conhecia na Europa diversas variedades de feijão; e era comum usar no preparo desses pratos, como o uso do feijão branco no “Cassoulet”.

Adaptação e evolução

Feijoada (foto //www.nsctotal.com.br)

Feijoada (foto //www.nsctotal.com.br)

A feijoada, na verdade, não é originalmente brasileira; mas uma adaptação e evolução de uma cultura de berço europeu, que teve ao longo dos anos; algumas adaptações; além de receber como acompanhamentos o arroz, farofa, couve, laranja, torresmo e etc.

No Brasil, o modo de fazer a feijoada varia de acordo com a região, que em alguns casos usam o feijão mulatinho ao invés do feijão preto; outros preferem o uso da carne fresca ao invés das carnes maturadas (carne seca, carne de sol e etc.).

Be the first to comment on "Feijoada, comida típica brasileira, mas com raízes europeias"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.