Bicho-pau, dono do título de maior inseto do mundo

O nome Bicho-pau refere-se aos animais da ordem Phasmatodea, insetos que tem um corpo extremamente semelhante a galhos de árvores. Encontrado em todo mundo, esse animal na verdade constitui um total de mais de 2 mil espécies; sendo bastante comum nas florestas tropicais da América do Sul.

Bicho-pau (foto: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Proscopiidae.png)

Descrição

Pelo fato de ser um inseto, o bicho-pau apresenta algumas características básicas encontradas em outros animais como besouros e borboletas; dentre estas, estão a segmentação do corpo em cabeça, tórax e abdome; a presença de 3 pares de patas, e de um par de antenas; além da presença de asas. Vale ressaltar que esse inseto, ao ter uma de suas patas arrancadas, pode desenvolver outra no lugar, o que é uma curiosidade bastante interessante.

Esse animal possui coloração marrom, que pode chegar a tons mais esverdeados, o que faz com que se pareça ainda mais com as árvores em que vivem. Além disso, são considerados os maiores insetos do planeta, sendo que o maior exemplar encontrado mede mais de 62 cm de comprimento.

Como vive o Bicho-pau?

Bicho-pau (foto: https://www.significados.com.br/mimetismo/)

Esse inseto possui hábito predominantemente noturno, sendo encontrado durante o dia camuflado em árvores. Este, por sinal, é o modo pelo qual se defendem; pois, uma vez que são insetos inofensivos a qualquer outra espécie, não usam violência para a defesa. Sendo assim, o fato de se camuflarem conforme a textura e a cor das árvores é um modo bastante eficiente de evitar a predação por outras espécies.

Além disso, alimenta-se principalmente de matéria orgânica, principalmente de folhas e de ervas; locomove-se bem vagarosamente, através de oscilações. Embora apresente asas, a fêmea não voa, sendo que essa ação é realizada somente pelo macho, que não consegue voar muito; estes, por sua vez, diferem-se não somente pela capacidade ou não de voar, mas também pelo tamanho, uma vez que a fêmea possui tamanho maior que o do macho.

No que se refere à reprodução, apresentam a postura de ovos, os quais assemelham-se a sementes; e são depositados diretamente na terra pela fêmea. Além da reprodução sexuada, pode haver reprodução assexuada por partenogênese; ou seja, o embrião do inseto é formado sem que haja a fecundação do óvulo da fêmea, assim como ocorre nos escorpiões-amarelos. Após cerca de 3 a 4 meses, dá-se origem a uma ninfa, que dará origem ao adulto, o qual vive aproximadamente 1 ano.

Be the first to comment on "Bicho-pau, dono do título de maior inseto do mundo"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.