Canário da Terra, cor e canto de rara beleza nas roças brasileiras

5 (100%) 1 vote

Canário da Terra, cor e canto de rara beleza de uma das aves cantoras mais comuns no Brasil; o canarinho da terra (Sicalis flaveola) é um pássaro pertencente à ordem Passeriformes (onde se encontram praticamente todos os pássaros canoros) e à família Emberizidae.

Conheça o Canário da Terra

É um pássaro que encanta pela beleza das penas do macho,  um amarelo inconfundível, e o belo canto. Mas, toda essa beleza tem um preço alto: o canário da terra está entre as 10 aves mais apreendidas do Brasil; segundo o IBAMA.

A grande apreensão do canarinho da terra  inspirou até a criação de uma canção conhecida como Canarinho Cantador, eternizada na voz de Teixeirinha.  Em 1995, a dupla sertaneja Chico Rey e Paraná  (hoje extinta) gravou “Canarinho Prisioneiro”; que ficou conhecida como um dos maiores sucessos da dupla.

 Onde ele é encontrado?

No Brasil, o canário da terra é encontrado desde o Maranhão até o Rio Grande do Sul. Ele vive em áreas abertas, com vegetação menos densa; como caatinga, cerrado, campos de cultura e, inclusive, em áreas urbanas. Não é raro encontrar ninhos de canários da terra em telhados de cidadezinhas do interior.

Dependendo do estado brasileiro, o pássaro recebe outras denominações: em Santa Catarina, é conhecido como Canário da Telha; em Minas Gerais é conhecido como Canário Chapinha; enquanto na Bahia é conhecido como Canário do Chão.

O que come?

O canário da terra alimenta-se basicamente de sementes, principalmente de gramíneas, com um bico muito bem adaptado a tal hábito alimentar, permitindo a separação da casca da amêndoa. Alimenta-se, ainda, de folhas e de insetos. À época da reprodução, a alimentação por insetos torna-se mais intensa; uma vez que os filhotes necessitam de uma boa dose de proteínas para o crescimento.

Reprodução do Canário da Terra

Cada fêmea pode por até 6 ovos por ninhada e o período de choca é de 13 dias.  A nutrição dos filhotes é função do macho e da fêmea. Cerca de 2 semanas após a eclosão, os filhotes abandonam o ninho e acompanham os pais por mais uns 30 dias. Após esse período, são, literalmente, expulsos pelo macho.

De acordo com as condições climáticas e a disponibilidade de alimento, pode haver mais de um período de crias por ano.

A manutenção de pássaros, como de outros seres vivos, na natureza depende muito de uma consciência ecológica bem solidificada; o que pode ser conseguida com educação de qualidade e uma legislação mais severa.

O lema do ambientalista sugere exatamente o que cada cidadão deveria fazer para a manutenção da biodiversidade.

Da natureza nada se tira a não ser fotos, nada se deixa a não ser pegadas, nada se mata a não ser o tempo, nada se leva a não ser lembranças”. (Autor desconhecido).

Canário da Terra

Canário da Terra

Be the first to comment on "Canário da Terra, cor e canto de rara beleza nas roças brasileiras"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.