Cobra-papagaio, uma das mais exuberantes serpentes brasileiras

Rate this post

A cobra-papagaio (Corallus caninus), também conhecida como araboia ou jiboia-verde, é uma das mais belas serpentes da fauna brasileira. Distribuída ao longo dos países da América do Sul, essa serpente chama a atenção principalmente por sua coloração verde exuberante, que além de facilitar sua camuflagem, também é alvo de muitos caçadores.

Cobra-papagaio (foto: https://pt.wikipedia.org/wiki/Corallus_caninus)

Descrição da espécie

Esse belo réptil é um dos representantes da ordem Squamata, na qual se encontram os lagartos, serpentes e as cobras-de-duas-cabeças. Desse modo, por ser uma serpente, compartilha algumas características com outras belas espécies, tais como a urutu-cruzeiro, e a cascavel. Sendo assim, se caracteriza pela perda dos membros ao longo da evolução, presença de escamas ao longo do corpo, além de possuírem uma língua tipicamente bífida e olhos sem pálpebras móveis.

Assim como as demais serpentes, realizam a ecdise, que é a troca periódica de sua pele, de modo a permitir o crescimento; e possuem um olfato bem desenvolvido, em compensação à visão, que é mais limitada a presas e objetos em movimento. Contudo, essa espécie é uma representante da família Boidae, tal como as jiboias e as sucuris; e por isso, se caracteriza por ser uma serpente áglifa, que não possui presa para inoculação de veneno; sendo, portanto, uma serpente constritora, que possui grande força corporal.

Assim como outros boídeos, a jiboia-verde também é uma serpente que pode apresentar um tamanho relativamente grande, podendo ter um comprimento médio de mais de 1,5 metro. Além disso, a cobra-papagaio se destaca principalmente por sua coloração esverdeada com listras mais esbranquiçadas em seu dorso. Já sua região ventral possui uma cor mais amarelada, que contrasta com o verde brilhante.

Jiboia-verde (foto: http://www.klimanaturali.org/2011/05/cobra-papagaio-corallus-caninus.html)

Hábitos da Cobra-papagaio

Essa serpente se caracteriza por possuir hábitos arborícolas, de modo que, quando está em cima das árvores, se mantém em uma posição com a cabeça entre as voltas que seu corpo dá sobre os galhos. Além disso, é uma espécie predominantemente noturna, que se alimenta de animais endotérmicos, como pequenos roedores e aves; embora outros répteis também possam fazer parte de sua dieta.

Quanto à reprodução, a cobra-papagaio é uma espécie ovovivípara; ou seja, os ovos contendo os filhotes se desenvolvem no interior do corpo da mãe; em uma gestação que pode durar em média 7 meses. Os filhotes, que podem ser em número de até 16, nascem com uma cor mais avermelhada, e já são capazes de caçar e de se alimentar de pequenos animais após o nascimento, tal como pequenos anfíbios.

Be the first to comment on "Cobra-papagaio, uma das mais exuberantes serpentes brasileiras"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.