Cardo desde a antiguidade usado para diversas aplicações

Cardo (Cynara cardunculus) é originado da Europa, naturalizado na América; facilmente encontrado no Brasil; sendo conhecido por vários nomes tais como cardo-de-santa-maria, cardo-leiteiro, cardo-santo, cardeiro e cardo-branco.

Ela é usado há mais de 2.000 anos por causa de suas propriedades medicinais, na medicina popular, para alívio de vários males.

Cultivo do Cardeiro

Ele é pouco exigente em relação ao clima, mas tem preferência por temperatura mais amena, solo rico em nutrientes, bem drenado, com irrigação frequente sem encharcamento. Propaga-se pelas sementes ou pela divisão das plantas.

O cardeiro é volumoso, com porte médio, grandes folhas verdes recortadas e esbranquiçadas na superfície inferior. A planta produz flores grandes, constituídas de capítulos solitários, globulosos e espinhosos, na cor azul violácea intensa; e quando estão em plena floração, exalam odor relativamente forte, que atrai diversos insetos.

Propriedades do Cardeiro

Ele possui diversas propriedades terapêuticas tais como antisséptica, aperiente, antioxidante, anti-inflamatória, diurética, tônica, regeneradora, depurativa e digestiva.

Utilização do Cardo

Ele é utilizado na medicina popular, em forma de chá, para melhora da digestão, para saúde do fígado, para alívio de dores de barriga, para limpeza do organismo, além de ser empregado para melhora de estados depressivos e para fortalecimento do sistema imunológico.

Suas flores desidratadas, são usadas maceradas, em forma de infusão, a mais ou menos 28 º C, para coagulação do leite para preparação do queijo. Tal costume faz parte da produção dos famosos queijos de leite de ovelha; Serra da Estrela, Serpa, Azeitão e Castelo Branco.

Ele é utilizado ainda em diversas receitas culinárias, pois suas flores e talos, sem os espinhos, devidamente cozidos, podem ser ingeridos de variadas formas.

A planta é utilizada ainda para finalidades ornamentais enfeitando praças, jardins e canteiros com suas belas e grandes flores.

Onde encontrar o Cardeiro?

Ele é encontrado em feiras livres, mercados municipais e em sites que comercializam mudas e sementes de plantas; além de fazer parte de hortas domésticas, devido à facilidade para cultivá-lo.

As plantas medicinais não substituem o acompanhamento médico e em altas doses podem ser prejudiciais à saúde.

Cardo ( foto fonte https://www.publico.pt/2017/06/26/ciencia/noticia/cardo-uma-planta-mediterranea-que-a-ciencia-portuguesa-esta-a-explorar-1776741)

Cardeiro ( foto fonte https://www.publico.pt/2017/06/26/ciencia/noticia/cardo-uma-planta-mediterranea-que-a-ciencia-portuguesa-esta-a-explorar-1776741)

Cardo (foto fonte http://obotanicoaprendiznaterradosespantos.blogspot.com.br/2010/05/cardo-de-santa-maria-silybum-marianum.html)

Cardo (foto fonte http://obotanicoaprendiznaterradosespantos.blogspot.com.br/2010/05/cardo-de-santa-maria-silybum-marianum.html)

Be the first to comment on "Cardo desde a antiguidade usado para diversas aplicações"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.