Origem do Lírio Africano na ornamentação e uso na medicina popular

Lírio Africano (Agapanthus africanus) é de origem africana, encontrada em quase todos os continentes do planeta; sendo utilizada como ornamental e medicinal. Ela é conhecida também como agapanto e agapantus.

Descrição

A espécie é uma planta de ciclo perene, que pode alcançar até 90 centímetros de altura. Prefere solos ricos em nutrientes e rega constante sem encharcamento. Habita ainda locais altos e solos arenosos.

Lírio Africano ((foto: Evandro Marques – www.coisasdaroca.com)

As inflorescências, que variam do branco, lilás e azul, são polinizadas pelas abelhas, além de duráveis e possuírem hastes longas, que as tornam excelentes para o uso como flor-de-corte e para a confecção de arranjos florais. As folhas são longas, laminares de cor verde escura, e conferem belo aspecto à planta, mesmo fora do período de floração.

Ela multiplica-se pela divisão da planta, é resistente a doenças e exigem baixíssima manutenção, além de ser muito rústica.

Serve para quê?

No paisagismo, a planta é usada em maciços e bordaduras, emoldurada por gramados, a pleno sol. Ela é empregada com o objetivo de bordar a parte baixa de muros e arbustos em renques.

Lírio Africano(foto: Evandro Marques – www.coisasdaroca.com)

Na medicina popular, as raízes são empregadas como cardíacas e estomacais, sendo usadas para alívio de problemas cardíacos e dores intestinais.

Onde encontrar?

Ela é encontrada em sites que vendem sementes e mudas de plantas e em floricultura, além de fazer parte de variados jardins, tais como o do Parque Aldeia do Imigrante, em Nova Petrópolis e variados projetos paisagísticos.

As plantas medicinais não substituem o acompanhamento médico e em altas doses podem ser prejudiciais à saúde.

Be the first to comment on "Origem do Lírio Africano na ornamentação e uso na medicina popular"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.