Ouriço-cacheiro, mamífero bastante comum nas roças brasileiras

O ouriço-cacheiro (Coendou prehensilis), também conhecido como “luís-cacheiro” ou ouriço terrestre, é um mamífero muito encontrado nas roças brasileiras. Habitante principalmente das áreas de mata tropical e bosques, esse animal é encontrado em quase todo o território brasileiro; e pode viver até 20 anos. Confira um pouco mais sobre como vive e algumas curiosidades.

Ouriço-cacheiro (foto: http://ipevs.org.br/blog/?p=8770)

Descrição

O ouriço terrestre é um animal que possui um comprimento variável, podendo chegar a medir cerca de 60 cm; além disso, pode chegar a pesar aproximadamente 3 kg. Com um dorso de coloração castanha, possui a característica principal de ser repleto de espinhos longos; os quais têm sua extremidade mais escura. Também possuem longas garras e uma cauda que auxilia a se aderir nas árvores.

Seu nome se deve justamente aos espinhos, que o tornam muito parecido com o ouriço-do-mar; um organismo pertencente ao filo Echinodermata, que se caracteriza pela presença de espinhos ao redor de todo seu corpo. Já o nome cacheiro, refere-se ao fato desse animal realizar o ato de “cachar”; palavra que significa esconder, em razão do hábito do ouriço-cacheiro se esconder nas árvores.

Como vive o Ouriço-cacheiro?

Ouriço-cacheiro (foto: https://www.pinterest.co.uk/pin/567735096759779997/)

Esse mamífero tem hábito predominantemente solitário e noturno, quando sai para caçar seus alimentos; os quais resumem-se principalmente a frutos, raízes e até sementes, uma vez que é um animal herbívoro. Durante o dia, fica descansando nas árvores, nas quais podem até ficar pendurados com auxílio de sua cauda preênsil. No que se refere à reprodução, o luis-cacheiro produz apenas um filhote por gestação, a qual dura em torno de 200 dias.

Para se defender, o ouriço-cacheiro usa principalmente dos espinhos, que são sua estratégia de defesa. Todavia, uma informação comumente disseminada de forma errônea consiste no fato de se acreditar que esse animal lance seus espinhos no predador. Isso não acontece. Como esses espinhos soltam-se facilmente, quando o animal dobre-se para se defender, eles se soltam e acabam ficando presos no corpo do animal que tentava atacá-lo. Desse modo, o ouriço é um animal inofensivo, até que se toque nele; e merece ser preservado.

 

Be the first to comment on "Ouriço-cacheiro, mamífero bastante comum nas roças brasileiras"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.