Columbina pequena e presente em várias regiões brasileiras

Columbina é uma das aves mais comuns no território brasileiro, conhecida também por  rolinha, é uma ave pertencente ao gênero Columbina e à família Columbidae, a mesma de uma grande praga urbana – os pombos.

As rolinhas também, curiosamente, vêm se adaptando muito bem ao habitat urbano. Para se ter uma ideia, é mais comum encontrar essas aves em ambientes modificados pelo homem que em seu habitat natural, que inclui áreas de cerrados e campos.

Atualmente, são encontradas sete espécies de rolinhas aqui no Brasil. Isso porque, até 2016 a rolinha-do-planalto era considerada extinta; o último registro fora feito em 1941. Isso mesmo, havia 75 anos não se tinha notícia dessa espécie.

Os únicos exemplares disponíveis encontravam-se embalsamados em museus e muito pouco se conhecia sobre sua biologia.

Sua redescoberta, no interior de Minas Gerais foi, portanto,  muito comemorada pela comunidade científica. A propósito, a rolinha-do-planalto (Columbina cyanopis), que é exclusivamente brasileira,  é a mais bela delas. A rolinha campestre (Uropelia campestris); que possui pés e pálpebras amarelados também se destaca pela beleza ante às demais espécies.

Mas, quando o assunto é abundância, nada se compara à rolinha-roxa (Columbina talpacoti). Essa espécie é facilmente encontrada em todas as regiões brasileiras; além de estar amplamente adaptada aos ambientes antropizados.

Hábito alimentar da Columbina

As rolinhas são animais que têm hábito alimentar essencialmente herbívoro, nutrindo-se de semente (muitas gramíneas são usadas na dieta) e até alguns grãos.

Algumas espécies nutrem-se de insetos, como é o caso da rolinha cinzenta. Uma característica das rolinhas é que, de um modo geral, vão ao chão para conseguir alimento, capturando-o enquanto andam.

Nos rincões mais pobres, ainda é bastante comum ver crianças com estilingue à caça de rolinhas. Depois de depenada; o pequeno peito da ave contribui para matar a fome e dá um gostinho extra à escassa variedade de alimento em cada refeição.

Reprodução da Columbina

Quando o assunto é reprodução, as rolinhas formam casais perenes e reproduzem-se quase o ano todo. De um modo geral, a fêmea põe dois ovos e a eclosão dura, em média, 15 dias. Em aproximadamente 2 semanas, os filhotes já voam.

Columbina

Columbina (Foto: Evandro Marques)

Columbina

Columbina (Foto: Evandro Marques)

Columbina

Columbina (Foto: Evandro Marques)

Rolinha do Planalto (foto fonte https://conexaoplaneta.com.br/blog/a-brasileirissima-rolinha-do-planalto-uma-das-aves-mais-raras-do-mundo-e-redescoberta-no-cerrado/)

Rolinha do Planalto (foto fonte https://conexaoplaneta.com.br/blog/a-brasileirissima-rolinha-do-planalto-uma-das-aves-mais-raras-do-mundo-e-redescoberta-no-cerrado/)

Be the first to comment on "Columbina pequena e presente em várias regiões brasileiras"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.