Empada, uma das maiores paixões gastronômicas dos brasileiros

A empada, carinhosamente chamada de empadinha, é uma iguaria culinária muito disseminada no Brasil, seja nos lares, ou em padarias e cafeterias. Ideal tanto para acompanhar um bom cafezinho, quanto um suco, um refrigerante, ou uma boa cerveja, ela conquistou o paladar dos brasileiros; não só por se adaptar a diversas situações do cotidiano, mas também por seu sabor inigualável, proveniente da grande diversidade de recheios existentes. Mas e você, sabe qual a origem da empada? Confira um pouco mais sobre a história dessa delícia!

Empada (foto: https://www.uol.com.br/)

Qual é a origem da empada?

Acredita-se que, originalmente, a empada tenha surgido em um modo bem rústico já na Idade Média; quando, em diversas regiões do mundo era comum a utilização de massas bem gordurosas como um método de conservação das carnes; uma vez que a massa atuava como uma barreira contra os micro-organismos capazes de deteriorar a carne. Todavia, essa experiência culinária não chega nem perto dessa iguaria que desperta o paladar de todos.

Desse modo, acredita-se que a empada, tal como é conhecida atualmente, tenha surgido no século XIX, em Portugal, devido à popularidade dos empadões. Como estes eram muito populares devido à grande variedade de sabores, surgiram as formas reduzidas, mas que levavam a mesma massa, e recheios diversos; inicialmente denominados de empadas de caixa.

Empadinha (foto: https://anamariabraga.globo.com/receita/empada-de-queijo-com-frango-da-palmirinha/)

Contudo, há uma versão da história que conta a origem francesa da empadinha. Nesse caso, havia um padeiro de uma pequena cidade ao sul do território francês, que resolveu fazer uma mistura à base de farinha de trigo e manteiga, mas sem usar fermento. O resultado obtido foi uma espécie de farofa, que não tinha uma consistência favorável ao manuseio. Sendo assim, conta a história que o padeiro resolveu colocar a mistura em uma forma, e recheou com uma receita à base de frango, levando a iguaria ao forno. Ao ficar pronta, percebeu que a receita ficou ressecada, e decidiu, então, colocar uma tampa com a mesma massa, obtendo assim um resultado incrível.

A iguaria recém inventada foi adaptada, aperfeiçoada e tornou-se muito comum em todo o mundo, com recheios diversos; sendo os mais comuns de frango, frango com catupiry, de palmito, de camarão, de queijo, entre vários outros sabores. Seu nome, por sua vez, é uma redução da palavra empanada, que vem do latim “Panis”, ou simplesmente, pão. Vale ressaltar ainda que é muito comum ouvir o termo “massa podre”. Esse nome na verdade designa o fato de ser uma massa bem frágil, que quebra à toa.

Be the first to comment on "Empada, uma das maiores paixões gastronômicas dos brasileiros"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.