Folia de Reis, tradição da antiguidade que faz parte da história brasileira

5 (100%) 1 vote

A Folia de Reis é uma manifestação cultural, de cunho religioso, cuja origem é em Portugal e chegou ao Brasil, com os portugueses à época da colonização brasileira.

Essa iniciativa de caráter religioso, era realizada em toda a Península Ibérica, e tinha por objetivo simular a visita dos Reis Magos, Melchior, Baltasar e Gaspar, à manjedoura do menino Jesus, momento alegre e festivo, que foi perpetuado por várias gerações, com a tradição de visitar as casas no período natalino, relembrando data tão importante para os católicos.

Visita que faz parte do ciclo natalino, compreendido entre 24 de dezembro a 6 de janeiro, quando são realizadas as comemorações referentes ao nascimento de Jesus, com variadas festividades populares tais como Congada, Império do Divino, Reinado do Rosário e Pastorinhas.

Esses festejos populares tiveram início nas pequenas vilas, que eram formadas no início da colonização brasileira e permaneceram como tradição, junto aos vilarejos das roças, não se estendendo para as grandes cidades da atualidade.

Foi utilizada também como uma forma lúdica de catequização dos índios e posteriormente como uma forma de aproximação com os escravos africanos, que foram traficados para as terras brasileiras.

Na cultura popular brasileira, as comemorações referentes ao Natal eram organizadas por grupos, que visitavam as casas, enfeitados com roupas coloridas, máscaras, tocando músicas em louvor aos “Santos Reis” e ao nascimento de Jesus Cristo. Essas manifestações festivas estendiam-se até a data consagrada aos Reis Magos, que é 6 de janeiro.

A visitação das casas, tradição ainda latente nas pequenas vilas rurais e cidades brasileiras, acontece do final de dezembro até o dia de Reis. Ela é feita por grupos organizados, muitos dos quais motivados por propósitos sociais ou filantrópicos.

Cada grupo, que varia de nome, de acordo com a região, é conhecido como Folia de Reis ou Terno de Reis, é composto por músicos que tocam instrumentos, em sua maioria confeccionados de maneira caseira e artesanal, como tambores, flauta, reco-reco e rabeca, que é uma espécie de violino rústico, além da tradicional viola caipira e do acordeão, também conhecido como sanfona, gaita ou pé-de-bode, em certas regiões dos rincões do Brasil.

Folia de Reis (Foto: //diocesesa.org.br/2017/01/06/folia-de-reis-se-torna-patrimonio-imaterial-de-minas-gerais/)

Be the first to comment on "Folia de Reis, tradição da antiguidade que faz parte da história brasileira"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.