Origem do Arroz Carreteiro, deliciosa tradição dos pampas gaúchos

Rate this post

Uma das receitas que mais fazem sucesso no Rio Grande do Sul, o arroz carreteiro é um prato típico dessa região, mas que conquistou as diversas regiões do país. Feito à base de arroz, charque, e banha, esse prato se relaciona aos comerciantes gaúchos, que faziam longas viagens pelo estado; e cujos alimentos deveriam suportar o tempo de viagem. Com o passar dos anos, o prato foi se aprimorando, ganhando novos ingredientes, e tornou-se esse queridinho do paladar dos brasileiros.

Arroz carreteiro (foto: https://www.dicasdemulher.com.br/arroz-carreteiro/)

Origem do Arroz Carreteiro

A história desse prato remete ao período anterior à proclamação da República; ou seja, antes de 1889. Isso se deve ao fato de que, naquela época, era comum que os carreteiros, mercadores que percorriam o estado em carros puxados por bois; fizessem viagens de longas distâncias. Estes homens, além de permitirem a intensificação do comércio na região, foram grandes responsáveis pela povoação do estado; o qual se chamava Província de São Pedro do Rio Grande do Sul.

Com isso, era necessário que os alimentos levados na viagem fossem fáceis de serem preparados, e que não estragassem facilmente; tal como o charque, carne que se mantinha conservada por um bom período de tempo. Todavia, havia a necessidade que a comida a ser preparada, além de fácil, garantisse energia para prosseguimento da viagem, e fosse saborosa.

A partir daí, quando os carreteiros faziam suas paradas para descanso, era comum que o charque fosse cozido juntamente com o arroz e cebola em uma típica panela de ferro. Como essa receita se mostrou muito prática, saborosa e de alto valor energético; ganhou espaço entre a cultura dos pampas, e tornou-se um dos pratos mais consumidos no estado.

Arroz carreteiro (foto: https://www.tudogostoso.com.br/receita/197348-arroz-de-carreteiro-a-minha-moda.html)

O prato na atualidade

A partir do sucesso que fez no Rio Grande do Sul, o arroz carreteiro se expandiu pelo território brasileiro, conquistando outros estados; tais como do Nordeste e Centro-Oeste, onde sofreu algumas alterações, inclusive de nome; passando a se chamar Maria Isabel. Além disso, outros ingredientes foram adicionados à receita original para realçar o sabor, como tomate, alho, e até banha de porco.

Vale ressaltar ainda que, o sucesso e a tradição do arroz carreteiro no Rio Grande do Sul se mantêm completamente sólidos na atualidade; sendo um dos pratos mais presentes nos restaurantes da capital Porto Alegre, quanto como acompanhamento nas churrascarias da belíssima Serra Gaúcha.

Arroz carreteiro (foto: https://www.visiteobrasil.com.br)

Be the first to comment on "Origem do Arroz Carreteiro, deliciosa tradição dos pampas gaúchos"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.