Aplicação, benefícios e propriedades medicinais do Pinheiro Silvestre

O Pinheiro Silvestre (Pinus sylvestris) é uma árvore conífera de origem euro-asiática, muito conhecida na medicina popular, por causa de suas propriedades medicinais. Ele é conhecido também como pinheiro-de-casquinha.

Descrição

A árvore é de grande porte, pois pode variar de 10 a 30 metros de altura e prefere temperatura amena e solo drenado, mas com rega espaçada. Seu caule possui casca vermelho-alaranjada e escamosa em plantas jovens.

Pinheiro Silvestre (foto //www.florestar.net/pinheiro-silvestre/pinheiro-silvestreflor.jpg)

Possui folhas aciculadas, rígidas e de cor verde azulada. Produz inflorescências masculinas de cor de enxofre e as femininas são as pinhas ou cones.

O fruto possui cor castanho-amarelada e suas sementes soltam do fruto e são responsáveis pela propagação da espécie, que também poderá ser feita por mudas ou por estacas.

Propriedades medicinais

A planta apresenta as propriedades medicinais expectorante, antisséptica, mucolítica, broncodilatadora, anti-inflamatória e antimicrobiana.

Serve para quê?

Sua madeira, usada desde o início do século XVI, possui variadas finalidades, pois é de grande qualidade, sendo empregada para a fabricação de postes, mastros de embarcação e utilizada ainda pela carpintaria e marcenaria.

Na medicina popular, em forma de chá ou óleo essencial, é usado para alívio de infecções respiratórias, resfriados, bronquite, sinusite, faringite e rouquidão, e para acalmar a tosse seca e irritativa; além de ajudar no controle de dores reumáticas.

O óleo essencial é usado em spas para massagens relaxantes; além de ajudar a aliviar coceiras e a irritação das picadas de insetos.

Pinheiro Silvestre (foto //www.botanicaplantnursery.co.uk/pinus-sylvestris-7291-p.html)

Onde encontrar?

Ele é encontrado em parques, jardins públicos e praças; além de comercializado, em folhas e cascas desidratadas, ou em forma de óleo essencial; em sites que trabalham com sementes e mudas de variadas plantas.

Suas agulhas eram usadas pelos índios americanos para espantar piolhos e pulgas.

As plantas medicinais não substituem o acompanhamento médico e em altas doses podem ser prejudiciais à saúde.

Be the first to comment on "Aplicação, benefícios e propriedades medicinais do Pinheiro Silvestre"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.