Priprioca, tipicamente brasileira, considerada como a raiz que vale ouro

Avalie esta postagem

Priprioca (Cyperus articulatus) é nativa da floresta amazônica, muito popular na região norte brasileira; além comercializada na maior feira da América Latina, que é o Mercado Ver-o-peso, em Belém do Pará.

Ela é usada desde os tempos mais remotos; entre os paraenses como o principal ingrediente dos encantados banhos de cheiro nas festas de São João e nas comemorações de final de ano.

Ela faz parte de lendas indígenas; além de ser conhecida como a casa de Piripiri, que era um ente que tinha o poder de encantar as mulheres. Após seu desaparecimento, apareceu em seu lugar uma raiz muito perfumada.

Cultivo da Priprioca

Ela é considerada como uma planta rústica, de pequeno porte, bem tolerante a vários tipos de solos e temperaturas. Produz pequenas flores brancas. Prefere o solo úmido e se propaga pela divisão de seu rizoma, do qual é retirado o óleo muito conhecido por causa de suas propriedades terapêuticas. Seu rizoma possui forma cilíndrica e possui ciclo perene.

Propriedades da Priprioca

Ela possui propriedades antifúngicas, antimicrobianas, anti-inflamatórias, afrodisíacas, hidratantes e aromáticas.

Utilização da Priprioca

Ela é usada na medicina popular, para melhora de enxaquecas, edemas, reumatismo, em banhos relaxantes e massagens.

O óleo retirado de seus rizomas é amplamente usado pelas indústrias farmacêutica e de cosmetologia; além de usado na aromaterapia, em forma de óleo essencial ou perfume, que possui aroma amadeirado e picante.

Ela é importante fonte de renda para famílias de produtores rurais e feirantes do estado do Pará, como os que trabalham no mercado do Ver-O-Peso, em Belém.

Atualmente ela é muito importante também para o sustento dos caboclos da Ilha de Cotijuba, distrito de Belém, e dos municípios paraenses de Santo Antônio do Tauá e Acará.

Suas fibras e rizomas são utilizados no artesanato, pois além do perfume exuberante, os produtos são resistentes ao mofo, devido às propriedades antifúngicas do óleo essencial.

Seu rizoma é usado também na gastronomia, pois dele se extrai álcool ou óleo; que combina com derivados do leite, carnes em geral, fígado e salame, mas ainda é pouco difundido na indústria alimentícia.

Onde encontrar a Priprioca?

Ela é facilmente encontrada no Mercado Ver-o-peso, em feiras livres e em diversos produtos higiênicos e cosmetológicos; além de comercializado em diversos sites.

As plantas medicinais não substituem o acompanhamento médico e em altas doses podem ser prejudiciais à saúde.

Priprioca (foto fonte http://pt.fantasia.wikia.com/wiki/Priprioca)

Priprioca (foto fonte http://pt.fantasia.wikia.com/wiki/Priprioca)

Priprioca (foto fonte https://pria.com.br/2014/11/17/priprioca-o-afrodisiaco-lendario-dos-indios-amazonas/)

Priprioca (foto fonte https://pria.com.br/2014/11/17/priprioca-o-afrodisiaco-lendario-dos-indios-amazonas/)

2 Comments on "Priprioca, tipicamente brasileira, considerada como a raiz que vale ouro"

  1. OLÁ, VOCÊ DIZ QUE EU ENCONTRO EM DIVERSOS SITES A RAIZ, VOCÊ PODERIA ME INDICAR UM QUE FAÇA A ENTREGA EM BRASILIA

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.