Propriedades medicinais e aplicações da Hera-terrestre

Hera-terrestre (Glechoma hederacea) é originária da Ásia, conhecida popularmente por Hera-de-canteiro, Glecoma, Malvela, Sanguina, lotilã-do-mato e lera-terrestre.

Descrição

A planta é uma herbácea rasteira, cuja folhagem e florescimento são ornamentais. Suas folhas são aromáticas, redondas, verdes ou arroxeadas, com margens crenadas, pubescentes e pecioladas. Há a variedade com folhas margeadas de branco, bastante comum em cultivo.

Hera Terrestre (foto //www.inaturalist.org)

A ramagem é longa e ramificada, de forma quadrangular e recoberta de uma fina lanugem. De seus nós, saem os pecíolos foliares e raízes, que permitem à planta se espalhar na superfície do canteiro. As flores são delicadas, tubulares, axilares, em tonalidades lilás, azul e roxa, e aparecem na primavera. Algumas variedades apresentam folhagem mais decorativa, enquanto outras se destacam pelas flores abundantes.

Em regiões de clima mais frio, pode receber um pouco mais de sol, sendo ótima opção para jardins rochosos, porém úmidos. Propaga-se pela divisão das ramas.

Propriedades Medicinais Hera-terrestre

Ela possui propriedades antioxidantes, digestiva, antitussígena; sendo usada na medicina popular para problemas estomacais, do intestino e para alívio de tosses.

Serve para quê?

Ela é amplamente usada em projetos paisagísticos; além de servir de forragem em canteiros; ou maciços à meia sombra, formando densos tapetes, principalmente sob a copa de árvores ou arbustos.

Serve também como pano de fundo para espécies floríferas, como o amor-perfeito ou a boca-de-leão por exemplo. Ela é de fácil cultivo e seu crescimento, no entanto, pode sair do controle e invadir outras áreas do jardim.

Se cultivada em vasos, jardineiras suspensas ou cestas pendentes, ela forma longas, charmosas e abundantes ramagens.

Ela possui finalidades comestíveis, podendo ser consumida crua ou refogada. Suas folhas são empregadas em saladas conferindo-lhes um sabor fresco e picante.

Hera Terrestre(foto //fineartamerica.com)

As folhas podem ser usadas ainda em forma de chá, por serem ricos em vitamina C, ajudando no fortalecimento do sistema imunológico e na prevenção do envelhecimento precoce.

Os saxões a utilizam como um aromatizante para fabricação de cervejas especiais. Ela é empregada ainda como substituta da quimosina animal na fabricação de variados queijos.

As plantas medicinais não substituem o acompanhamento médico e em altas doses podem ser prejudiciais à saúde.

Be the first to comment on "Propriedades medicinais e aplicações da Hera-terrestre"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.