Codorna: pequeno animal, fonte de vitaminas e proteínas

As codornas são pequenos animais que foram introduzidos no Brasil por imigrantes europeus e japoneses, sendo estes últimos os principais responsáveis pela criação e comercialização de codorna no País.

Existem variadas espécies da codorna, mas no Brasil as espécies mais comuns são a codorna americana, a japonesa e a europeia. As aves de origem europeia e americana são para a produção de carne e a japonesa para a postura de ovos.

As codornas do campo (Nothura maculosa) conhecidas como codorna-comum, são encontradas na Argentina, Paraguai, Uruguai e Brasil.

O Animal atinge até 23 cm de altura, com coloração que varia de acordo com a terra do ambiente, que impregna em sua plumagem, que pode misturá-la ao meio ambiente, fazendo uma forma de camuflagem com as folhas, a terra e com o capim.

São animais tranquilos, desde que bem tratados, com bastante luz, e local bem higienizado, chegam a produzir aproximadamente entre 5 e 6 ovos por semana, que possuem cor bege brilhante, com pintas amarronzadas, que variam de tonalidade. A postura dos ovos, pode ocorrer no chão ou em meio às folhas secas de pastagens ou moitas de capim.

Codorna (Foto: https://revistagloborural.globo.com/vida-na-fazenda/como-criar/noticia/2017/02/como-criar-codornas.html)

As codornas são animais desconfiados e ao se sentirem ameaçadas, se fingem de mortas como defesa para sua sobrevivência. Não são adeptas do voo e o utilizam apenas em último recurso, sendo são bastante desengonçadas.

Alimentam-se de sementes, insetos, folhas e água regularmente. Andam sempre em casais e o macho que é responsável pela choca dos ovos e pela criação dos filhotes.

Atualmente são criadas em granjas e alimentadas com ração para comercialização da carne, que é muito saborosa, e dos ovos, popularmente utilizados em variadas receitas culinárias e como petiscos. Tanto a carne quanto o ovo da codornas são alimentos ricos em proteínas e vitaminas, sendo muito benéficos para a saúde. Reza a lenda que os ovos da codorna são um excelente afrodisíaco.

Be the first to comment on "Codorna: pequeno animal, fonte de vitaminas e proteínas"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.