Sucuuba planta amazônica repleta de propriedades antitumorais

4.6 (92%) 5 vote[s]

Sucuuba (Himatanthus sucuuba (Spruce ex Müll. Arg.) Woodson) é uma árvore nativa da Amazônia, amplamente conhecida como planta medicinal nas regiões norte e nordeste do Brasil.

Ela possui diversos nomes populares tais como sucuba, janaguna, dona-joana, leiteira, raivosa, sabeú-una, tiborna, angélica da mata e banana de papagaio.

A planta é comumente usada pelos índios da região norte desde tempos remotos; além de difundirem o conhecimento popular entre os não-índios, que também fazem uso de suas propriedades medicinais.

Conheça a Sucuuba

Ela é uma árvore de grande porte, que pode atingir até 40 metros de altura, de tronco ereto e casca rugosa. Encontrada na floresta amazônica, em terrenos alagadiços. Sua inflorescência possui poucas flores, que são grandes e brancas; os frutos são geminados em forma de duplo folículo contendo sementes aladas. Sua propagação é pela água dos rios e pelos animais silvestres.

Propriedades Terapêuticas da Sucuuba

Ela possui diversas propriedades terapêuticas tais como antitumoral, anti-inflamatória, analgésica, antifúngica, antianêmica, vermífuga, laxativa; além de aliviar problemas de gastrites e artrites.

Utilização da Sucuuba

Ela é amplamente utilizada na medicina popular, para tratamento de tumores, furúnculos, edemas e artrites. As formas mais usuais são a utilização de seu látex ou infusão de suas folhas. O látex é retirado de sua casca e colocado em água até que a solução fique esbranquiçada e armazenado em local frio para ingestão moderada.

Sua madeira é amplamente empregada na construção civil, na construção de caibros, vigas e ripas, brinquedos e cabos de variadas ferramentas.

A retirada da casca da árvore em excesso, poderá comprometer a planta e reduzir o número de espécies, o que poderá provocar a extinção dela.

Estudos científicos da Sucuuba

O biólogo e geneticista, Sebastião Oliveira Rebouças, defendeu tese de doutorado referente às propriedades fitoquímicas e genotóxicas da planta medicinal, através de estudo realizado entre 2008 e 2012.

De acordo com a pesquisa do biólogo, foi comprovada que a planta possui propriedade de proteção celular; além de ser eficaz contra determinadas linhagens de câncer, tais como o de rim e do colo do útero. Os testes mostraram ainda que a planta não apresenta efeitos genotóxicos, que significa dizer que a ingestão dela não produz danos à genética.

Onde encontrar?

Ela é nativa da Floresta Amazônica, sendo encontrada nos estados da região norte até o Maranhão. Há alguns sites que comercializam a planta medicinal, mas deverá verificar a seriedade do site.

As plantas medicinais não substituem o acompanhamento médico e em altas doses podem ser prejudiciais à saúde.

 

Sucuuba (foto fonte //sites.unicentro.br/wp/manejoflorestal/himatanthus-sucuuba-spruce-ex-mull-arg-woodson-sucuuba-verdadeira/)

Sucuuba (foto fonte //sites.unicentro.br/wp/manejoflorestal/himatanthus-sucuuba-spruce-ex-mull-arg-woodson-sucuuba-verdadeira/)

Sucuuba (foto fonte //sites.unicentro.br/wp/manejoflorestal/himatanthus-sucuuba-spruce-ex-mull-arg-woodson-sucuuba-verdadeira/)

Sucuuba (foto fonte //sites.unicentro.br/wp/manejoflorestal/himatanthus-sucuuba-spruce-ex-mull-arg-woodson-sucuuba-verdadeira/)

1 Comment on "Sucuuba planta amazônica repleta de propriedades antitumorais"

  1. FRANCISCA MAIA LIMA | 7 de dezembro de 2018 at 08:07 | Responder

    TOP

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.