Machado, utensílio da antiguidade, popular em diversas gerações

5 (100%) 1 vote

O Machado é um instrumento muito popular entre os lenhadores e agricultores das roças brasileiras; além de ser encontrado em diversas outras regiões do planeta.

Nos tempos mais antigos, o artefato era produzido em pedra ou bronze. Na atualidade, é mais comum encontrá-lo confeccionado de ferro.

Origem

Não há registros de quando surgiu ou quem o inventou; mas sabe-se que ele foi um instrumento de trabalho; além de uma arma de curta distância, amplamente utilizada nas guerras das Idades Média e Antiga.

Devido à sua popularidade ele era encontrado em variadas formas, mas as mais populares eram:

-Machado de duas mãos, grande e pesado,  sendo utilizado por poucos homens. Após começar a movimentá-lo, ele era geralmente mantido em movimento, pois a energia necessária para pará-lo bruscamente era muito grande.

-Machado de uma única mão, de tamanho menor, leve, com corte afiado; além de muito eficiente para diversas tarefas. Podia ser utilizado em conjunto com o escudo ou como arma de arremesso.

Outras formas de machado eram populares em meio a outros povos tais como:

-Machado Epsilon- muito popular entre os egípcios e tinha forma da letra E dos gregos. O tamanho do cabo que definirá a forma de utilização.

Machado

Machado

-Francisca, franquiste ou franquisque, foi usado pelos francos, germânicos e anglo-saxões, no período  de 500 a 814 d.C.  Era pequeno, leve e sua cabeça possuía forma de arco e desenho de S; que se estende até a lâmina e termina com um ponto proeminente nos cantos superior e inferior.

Tomahawk, usado pelo ameríndios algonquinos, como ferramenta, na guerra e para tarefas diversas. De um lado ele possuía a lâmina e de outro o cachimbo; ou seja, usado para a guerra ou para a paz.

Machadinha, a mais popular, empregada em diversas tarefas, seja pelos bombeiros, carpinteiros, na construção civil  ou na jardinagem. Símbolo do escotismo, pois ao fincar uma machadinha num tronco, simboliza o início das atividades oficiais do acampamento.

Utilização

O machado foi muito utilizado na antiguidade ainda pelos povos do norte da Europa e pelos índios da América do Norte. O artefato era de extrema importância em combates, no ato de destruir escudos com poucos golpes; além de quebrar portas e portões.

Ele ainda é muito popular entre os homens do campo, seja para cortar pequenos galhos e árvores; ou para picar lenha, que será usada nos fogões ou fornos de lenha.

O artefato foi muito útil para os imigrantes que chegaram ao Brasil, no final do século XIX, principalmente na região sul; pois ele ajudou a desbravar matos e posteriormente nas construções das casas de madeira; quando os trabalhadores começaram a prosperar nas novas terras.

Atualmente, além de presente em diversas tarefas cotidianas; ele faz parte de festas típicas, que têm competições com machado, para avaliar qual o lenhador mais rápido, que é realizada na cidade de Blumenau, na Oktoberfest ou na Sommerfest.

Be the first to comment on "Machado, utensílio da antiguidade, popular em diversas gerações"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.