Piolho de Cobra é pequeno e inofensivo

5 (100%) 2 vote[s]

Muito provavelmente você, leitor, já se deparou com um pequeno animal de corpo vermiforme e com uma infinidade de perninhas vivendo em solo úmido, e que tem o interessante hábito de enrolar quando algo o toca. Essa criaturinha é o piolho de cobra, que não tem nada de piolho (a espécie não é parasita de nada, inclusive de cobras).

Com aproximadamente 8.000 espécies, os gongolos ou embuás (outros nomes pelos quais o bicho é conhecido) são invertebrados classificados como artrópodes; um grupo na zoologia, onde também estão incluídos animais conhecidíssimos como insetos, aracnídeos e crustáceos.

Piolho de Cobra enrolado

Piolho de Cobra enrolado

É bom destacar que os referidos animais não são insetos; eles pertencem ao mesmo filo dos insetos, porém, a uma classe diferente (Classe Diplopoda).

O que comem?

Os piolhos de cobra são animais de hábito alimentar herbívoro-detritívoro. Alimentam-se de folhas em decomposição e de vários resíduos orgânicos.

Esterco de Gongolos

Uma pesquisa realizada pela Embrapa Agrobiologia do Rio de Janeiro, revelou que esses animais são mais eficientes que as minhocas na produção de húmus, conhecido como gongocomposto.

Acasalamento

Os embuás são animais dioicos (há o macho e a fêmea), com fecundação interna. A cópula ocorre durante a estação das chuvas. São animais ovíparos e o desenvolvimento é direto (não há estágio de larva).

Piolho de cobra

São animais peçonhentos?

Os piolhos de cobra não são animais peçonhentos. Quando ameaçados, enrolam o corpo, fingindo-se de mortos. Algumas espécies liberam um líquido meio amarronzado como estratégia de defesa. Caso uma pessoa tenha contato com esse líquido, a região atingida ficará com coloração alterada por um ou dois dias; contudo, não causa irritação, nem alergia.

Piolhos de Cobra podem se torna uma praga?

Como se alimentam de vegetais em geral e de matéria orgânica em decomposição, inclusive papelão, a existência desses produtos no entorno de uma residência pode favorecer uma proliferação excessiva desses animais, que acabam invadindo garagens e interior de residências.
Um outro fator que favorece a instalação desses animais é a pouca luminosidade e a umidade. Portanto, além de evitar lixo acumulado próximo da residência; a manutenção de um ambiente bem arejado (reduz a umidade) e claro é uma boa medida para reduzir a população dos gongolos.

Be the first to comment on "Piolho de Cobra é pequeno e inofensivo"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.